• Pedras na decoração: 4 dicas para investir nessa tendência


    Forte tendência para 2018 na decoração de interiores, o uso de pedras naturais é uma alternativa para trazer mais sofisticação e personalidade aos espaços. O mármore é uma das mais utilizadas e aparece em revestimentos de pisos, paredes e bancadas. Mais que isso, ele se tornou estampa de almofadas, capas de caderno e itens de organização de banheiros e escritórios. Para utilizar a pedra em si, seja mármore, granito ou quaisquer outras, vale a pena observar algumas dicas.
    • A escolha da pedra ideal
    Essa escolha deve levar em conta a proposta do projeto e o efeito desejado (de cor ou textura, por exemplo). O mármore é indicado em áreas mais nobres da residência, como o hall de entrada por exemplo. Já na cozinha, o granito é uma boa alternativa por ser menos poroso e, por isso, não absorver tanta sujeira e substâncias variadas. É importante lembrar que não há uma regra, as possibilidades devem ser discutidas com o arquiteto responsável pelo projeto.
    • Deixe a pedra em um lugar de destaque
    Não é necessário cobrir uma área muito grande com pedra natural, o importante é que seja escolhida uma localização que a favoreça. Existe uma série de cores que combinam com os acabamentos em pedra, como o cinza, azul claro, verde musgo e as tonalidades mais neutras. Em relação aos móveis, os de madeira criam um contraste perfeito para arrematar o decor.
    • Cuidados e manutenção
    É essencial adotar alguns cuidados para manter as pedras bonitas por mais tempo. Se elas forem colocadas na área externa da casa, é recomendável passar um impermeabilizante em toda a superfície. A instalação da pedra deve ser feita por profissionais especializados, que possuem experiência e os materiais necessários. Além disso, na limpeza diária, convém evitar produtos abrasivos e alcalinos, como água sanitária, sabão em pó, querosene e similares.
    • Abra espaço para a criatividade
    Vale a pena explorar novas possibilidades no uso das pedras, especialmente o mármore, que é um material muito nobre e pode trazer uma nova roupagem para o lar. Uma ideia é utilizar essa pedra no revestimento de móveis. Outra alternativa é aplicá-lo em pequenas peças de formato hexagonal que, juntas, remetem a uma colmeia de abelhas.  

    15 / 02 / 2018
    Leia Mais >
  • Feiras e mostras para buscar inspiração

    Pelo mundo afora, as feiras e mostras de arquitetura e decoração lançam as tendências para o universo do design. Por vezes, trazem algo completamente novo, outras, revivem conceitos que fizeram sucesso no passado ou consolidam os clássicos que nunca saem de moda. Seja como for, aos apaixonados por decor, vale a pena saber quais são os principais eventos desse segmento que estão programados para 2018. Dentro e fora das fronteiras brasileiras.
    · ABIMAD
    A primeira do calendário é a Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração que, inclusive, está em andamento nesse momento. Ela vai até o dia 02 de fevereiro, na São Paulo Expo. A ABIMAD reúne peças de mobília e objetos decorativos e a edição deste ano conta com quase 180 expositores.
    · Expo Revestir
    Tão importante quando os móveis e acessórios, é a escolha dos revestimentos para um projeto. É por isso que a Expo Revestir se concentra nesse tipo de acabamento, mostrando sempre formas inovadoras de revestir ambientes com diferentes características. Por exemplo: na edição do ano passado, destacaram-se os revestimentos cimentícios que remontam ao estilo industrial da década de 50 em New York. Em 2018, a Expo Revestir acontece em março, em São Paulo também.
    · Salão Internacional do Móvel de Milão (Isaloni)
    Para quem está disposto a cruzar o oceano em busca de tendências, vale a pena conhecer a feira de Milão, considerada a maior do segmento moveleiro a nível mundial. A mostra existe desde a década de 60 e costuma reunir mais de duas mil empresas em uma área de quase 230 mil metros quadrados. Este ano, ela vai do dia 17 a 22 de abril.
    · CASACOR
    Esta é a maior mostra de decoração da América Latina e a segunda maior do mundo. Acontece em várias cidades e, durante mais de um mês, expõe diferentes espaços ambientados por profissionais prestigiados, todos reunidos em um único local. Em Curitiba, a CASACOR abre as portas para o público no dia 15 de maio.
    · Design Weekend
    Combinando design, arte, decoração, empreendedorismo e tecnologia, esse é um dos eventos mais completos do ramo. Mais do que uma mostra, é um festival urbano, com várias atrações que acontecem em torno de um cronograma central. São exposições, visitas guiadas a galerias, intervenções artísticas, concursos, lançamentos de produtos em showrooms e muito mais. A Design Weekend está programada para acontecer entre 29 de agosto e 02 de setembro, em São Paulo.

    01 / 02 / 2018
    Leia Mais >
  • Pantone 2018

    Um dos momentos mais aguardados para quem trabalha com design é a divulgação da cor do ano pela Pantone. Considerada referência por seu sistema de cores, a marca conta com um grupo seleto de pesquisadores de diversos segmentos, que se dedicam a observar padrões e comportamentos na sociedade. A escolha da cor, portanto, parte de um estudo minucioso. Para 2018, a grande tendência é o Ultra Violet, misteriosa, complexa e contemplativa.
    Mistério e criatividade
    De acordo com Leatrice Eisenman, diretora executiva do Pantone Color Institute, a cor de 2018 resgata a criatividade e a imaginação. “Evocando a exploração de novas tecnologias e das grandes galáxias, com a sua expressão artística e reflexões espirituais, o intuitivo Ultra Violet ilumina o caminho daquilo que ainda está por vir”.O Ultra Violet já é, por si só, uma cor que sugere espiritualidade e misticismo, de acordo com a psicodinâmica das cores. Por isso, sempre foi uma tonalidade indicada para espaços de meditação. O tom está associado à expansão da consciência e à tentativa de transpor o material buscando algo mais elevado.Para a Pantone, o simbolismo existente por trás da cor pode empoderar marcas e designers, para que eles influenciem seus respectivos públicos.
    Na decoração
    No passado, obter objetos e tecidos com a cor Ultra Violet era muito caro, por isso, ela só podia ser utilizada pela realeza. É por isso que, nos dias de hoje, o tom continua sendo associado ao luxo, sendo ideal para compor ambientes sofisticados, com uma dose certa de ousadia.Os tons de roxo também remetem à prosperidade e ao equilíbrio. Ressalte-se também que os ambientes decorados com essa cor tendem a estimular a reflexão e possuem efeito purificador, convertendo energias negativas em positivas. A cor acalma e traz tranquilidade. Assim como o preto, o Ultra Violet também está associado ao poder.No design de interiores, o ideal é combinar o Ultra Violet com outras cores mais neutras, pois o seu excesso pode acabar criando um ambiente carregado e melancólico. Além dos tradicionais branco e bege, a cor de 2018 também combina com tons de madeira e com o cinza, nesse último caso, criando uma composição mais inusitada e cheia de requinte.

    15 / 01 / 2018
    Leia Mais >
Mais News